sexta-feira, 22 de julho de 2011

Grandes frases proferidas pelos génios que tenho a sorte de conhecer #3




"Mãos calejadas são mãos honradas"


pela mãesona


(cuidado com as mentes perversas)

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Em contagem decrescente...

E no sábado mais um "bescáte". Eu não sei se este vai ser o verão mais longo ou mais curto da minha vida. :)

quarta-feira, 13 de julho de 2011

terça-feira, 12 de julho de 2011

OMG! OMG! OMG! Faltam dois dias!



(sim, eu sei, qualquer dia cresço)

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Porque um amigo colocou hoje no facebook e fez todo o sentido

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Pessoa


Toma lá morangos!

Um ex-colega de trabalho dos tempos da rádio costumava dizer-me que eu era uma anarquista sindicalista. Embora que o fizesse com carinho nunca percebi porquê...hum. Mas estou a pensar que nas próximas semanas bem posso pôr em prática esse meu lado escondido.
Ora bem. Considerando que falta pouco mais que meia centena de dias para a "mudança da minha vida", assim espero, começo pouco a pouco, a organizar as coisas. O pé de meia está feito, mas como nunca é demais, e sei que vai haver muitas despesas de última hora (e também não queria passar o mês de Julho a olhar para ontem (acho que neste caso seria mais o amanhã), e surgiu a oportunidade no dia em que soube que me ia embora mesmo (oh pá, há coisas que parece que é o destino :)), lá fui eu para a zona das chaminés!
Bom, isto tudo para dizer que agora sou uma operária fabril. É verdade, mais um a juntar aos meus mais que muitos trabalhos temporários, mas este tem um bom motivo. A coisa é dura mas faz-se. Pagam conforme o que se produz. São quase nove horas (que só se fazem se quisermos mesmo levar uma boa "jeira") em pé, sem nunca parar, a tirar o rabinho a morangos congelados que mais parecem calhaus. Ou como nós dizemos, o nosso trabalho é "fazer o cú aos morangos".
Nota: Nunca ninguém disse que neste blog se iria aprender alguma coisa de jeito
Tive que investir numa boas luvas porque as que dão na fábrica parecem aquelas de enfermeiro, e o trabalho é mesmo cansativo, mas como em quase todas as situações laborais tenebrosas da minha vida, há sempre um "joãozinho das anedotas" que me faz dar umas boas gargalhadas, e me ajuda com o meu trabalho, o que me faz levar as coisas bem no "relax". [Eu atraio esta espécie]
E "pirontos", até ao fim do mês, é pelo meio de caixas e caixas de morangada que andarei se as minhas patúnfias superiores se aguentarem. No mês de Agosto, entre festas e assuntos a tratar, não me parece que também vá ter tempo para parar. [eu tentei aniquilar a rima, mas não consegui] Aaaah! Não parar! É disto que o meu povo gosta! E nem se me dá nas vontades de ir à praia.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Can't believe this is actually happening :)




[aparte: o meu computador foi para o rehab e como agora acedo à internet através de um pc aposentado e carraçudo, as minhas vindas ao blog estão condicionadas, não que isso signifique alguma coisa]

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Ainda andam com isto "cárlitos"?!?


Pois o Coentrão, o jogador que quer trocar o "maior clube do mundo" por um ainda maior, bem pode estar a desesperar. Mas a culpa não é dele, é compreensível a dificuldade que o Benfica tem em vender a sua pescada. Pois que o Vieira e os outros vermelhos daqui a nada estão a montar barraquinha em frente ao Bernabeu e a fazer pregões, que isto não anda lá muito bom para o negócio. Isto é, se não o fizeram já. Eu bem que estou a imaginar o orelhas vestido de varina "olhó o jogador fresquinho!! compra lateralzinho do Benfica, corre e não cansa, é para adulto e p'ra criança!" Ok, menos.


Já agora, parabéns ao Djokovic, pá curtia que encontrasses o Murray na final...

No surprises

Quando eu dou uma hipótese para as coisas me fazerem querer ficar, parece que tudo me está a enxotar!! {respirar fundo}