terça-feira, 31 de maio de 2011

Aqui entre nós que ninguém nos lê



Quando era pequena tentei ensinar o abecedário ao meu cão, com quadro de giz e tudo.



Imagem daqui.

Alô alô voto útil!

Ora vejamos,
nunca votei num partido "pequeno",
nunca votei num partido sem assento parlamentar.... Até agora também não havia nenhum que me enchesse as medidas. Isto tudo para dizer que já decidi em quem vou votar :)

Olha eu e o meu irmão quando vamos juntos a algum sítio!


E agora, quem é quem? xD

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Lenocínio

Segundo o meu irmão, é um nome muito pomposo, e quem pratica este crime deve ter muito orgulho por praticar o crime com o melhor nome e pode dizer "eu sou um lenocista"...
Como se chama mesmo aquele em que se matam os irmãos? Fratricídio?

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Ai ai, que nunca mais chega 5 de Junho, que eu já me estou a passar

A despropósito, estive a fazer contas à vida, e há pelo menos cinco filmes que quero ver no cinema no próximos dois meses. Tenho que começar a guardar uns trocos, que o preços dos bilhetes andam assim pela hora da morte. Uma pessoa já não sabe se está a comprar um bilhete para ver um filme ou o lago dos cisnes pelo Ballet Clássico de Moscovo... Com o devido (máximo) respeito pela sétima arte.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Chamaram-me Flora na rua, não sei porquê, é que eu hoje estou mais Fauna, como se vê


Eu conheço quem falte ao trabalho para ir almoçar com o primeiro-ministro/candidato a. Ora então, há que trabalhar para o futuro. Como já nos explicava o Quim Barreiros (esse grande pensador contemporâneo) na sua "mestre da culinária" é sempre possível arranjar um tacho melhor quer o anterior.
Agora a sério, toda a gente sabe como é. Mas pá, há pessoal que se dedica a sério à máquina política, que pode ser também só pelo tacho, sim, e é na maioria das situações mas ao menos esses suam a camisola, não é como outros inergumes hipócritas que eu conheço. Pesos mortos.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Ai gosto tanto

"The circus never dies
The act forever haunts theses skies
I know we cannot stay
Farewell to the fairground
These rides aren't working anymore"





White Lies, yes! Apesar do vocalista me fazer lembrar às vezes o vampireco do twilight, my respect!

OOH!


not anymore, I guess!

A vida e pouco jeito para escrever... e tudo o resto

E já passam dez anos. Dez anos. Coisas que me ajudaram a ser a pessoa que sou hoje e a não ser aquela outra qualquer que poderia ter sido. E esta década. Uma vida numa década. Dez anos depois, sim, e dez anos passados sou a única que se lembra que já passaram dez anos.




E não, não estou a falar da minha primeira borracheira
-.-'

sábado, 21 de maio de 2011

Oh mãe, agora é que eu fui a perder o juízo...

Estas noites de sair para tomar café e voltar para a casa às seis da manhã na companhia de desconhecidos têm que acabar... Eu devia era ter ficado em casa a ver o debate entre o Pedro e o Zé... Pensado melhor, se calhar não.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Pimpy...




...on a hot tin roof...




{o Artémis é tão parecido com o meu Teófilo ^^}

quarta-feira, 18 de maio de 2011

domingo, 15 de maio de 2011

"Não te percas"

Queima das fitas.
Foram 48 horas de festa, só com duas horas de sono pelo meio... Foi muito álcool, foram muitas caras, foi muita coisa parva. Agora quero descanso. Talvez ainda venha aqui contar porque é que o José Cid me chamou "garota atrevida".

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Ok...

Acabou de parar um autocarro enorme à minha porta, e está a descarregar uma quantidade infindável de "jovens". Será que eu devia estar preocupada?

O meu cão parece ligeiramente exaltado.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Sumos, dancake, música das Spice Girls sefáchavor!!



Parou tudo! O meu blog faz hoje um ano!! E para quê tanto festejo por um aninho, perguntam vocês… O QUÊ??! Tenho sim que festejar a minha relação mais longa LOLOLOLOL

Também teve os seus altos e baixos… Em Agosto e Setembro, estivémos pelas ruas da amargura, mas isso é porque era verão e eu andava a engaldeirar-me (?) por aí com outras coisas, mas ele cá ficou à minha espera e eu voltei.

A maioria de vocês (ou seja, 2 pessoas em 3) já deve ter reparado que não escrevo aqui nada de jeito. Cá vou deixando pequenos desabafos, pequenos apontamentos, piadas, situações do dia-a-dia, e não mais. Mas a verdade é que preciso deste espaço. Não sou pessoa de chatear toda a gente à minha volta com as minhas coisas, e quem me conhece sabe disso, também não uso o mural do facebook para me impingir. Então preciso mesmo deste blog para me focar em mim e falar de mim, e do meu universo pessoal, tão simples quanto isso…(sick, ha?)

Por isso cá vou continuar, quem estiver disposto a aturar isto, pode ir passando por aqui, quem não estiver pode também!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Love songs (podia dar-me p'ra pior)

O outro dia, eu e o meu irmão estávamos a fazer a segunda coisa que mais gostamos, falar sobre música (a primeira para mim é ouvi-la, para ele é tocar) e demos por nós a debater amigavelmente qual é, na nossa consideração, a melhor canção de amor de sempre…

Bem, para mim é esta:


(até é do meu ano e tódóo)

Muitos poderão não compreender. Nem eu sei bem explicar, não tenho nenhuma recordação ligada a esta música. Mas sempre que imagino a minha vida como se fosse um filme romântico, é esta a música que o meu cérebro vai buscar automaticamente para banda-sonora. Just like a dream…

Para o meu irmão é esta:

Absolutamente indiscutível.

Bem, tendo em conta a escolha dele e os meus argumentos, ficámos empatados.


Eu e a famelga

Na cozinha:

Mãe - Mexe-me aí isso...(marmelada que está a cozer)

Eu - (começo a abanar as ancas)

Mãe (com ar muito sério) - Quanto mais vais, mais maluca ficas... Pede a Nossa Senhora que te dê juízo...

A ver tv:

Eu - Acho que se fosse gajo ia gostar mais de morenas...

Irmão - Tu se fosses gajo??! Ias gostar de tudo o que te aparecesse à frente!!



Ai que eu sofro
... :'(

quinta-feira, 5 de maio de 2011

O photoshop da revista Grazia




O que é isto, Meu Deus?!?!?
Como se ela já não fosse magricela o suficiente... :O Párem o mundo que eu quero sair!!

terça-feira, 3 de maio de 2011

WTF CÁRLITOS


Já é a segunda pessoa que me convida para abrir um negócio... Das duas uma, ou tenho cara de milionária ou herdeira, ou acham que devo ser meia judia e tenho jeito p'ra fazer dinheiro.
Estão a ver eu agora a prender-me a um negócio??!? É que é quase como um casamento, que-re-do. Eu, que ainda faço chamadas a gozar com as pessoas e como pipocas coloridas com hamburguer. Está visto que é melhor trabalhar à conta (responsabilidade) de outrém.

U.S of A

Eu não percebo... O homem não foi à lua. O Elvis não morreu. Roswell é uma manobra de diversão. O 11 de Setembro uma conspiração. O Saddam Hussein executado era um sósia. E depois ninguém vem dizer que o Bin Laden não morreu. Não percebo!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Prank Phone Calls

Ontem, domingo, o R. fez anos. A festança começou logo na noite de sábado e quando se mistura álcool à estupidez natural, o resultado pode ser bem débil. Não sei como, mas não mesmo, como raio me fui lembrar de uma nova forma de beber álcool... num compartimento fechado e às escuras! Por isso juntaram-se quatro pessoas numa casa-de-banho de 2 m"2, às escuras, a beber sangria. Aconselho vivamente a experiência. E até espero repetir em breve, porque não chegámos a fazer o jogo do "dá de beber ao outro". Mas ainda bem, a avaliar pelas manchas vermelhas que mesmo assim, ficaram no tapete...(dá para imaginar o que parecia).
Depois veio uma espécie de prenda de anos para o aniversariante, e mais uma vez, algo que nunca tínhamos feito. Ligar para uma linha erótica! Só tenho uma coisa a dizer: já nem as put@s querem trabalhar! É que foi mesmo muito difícil encontrar um número que atendesse. Até para as informações da PT ligámos, mas eles dizem que não dão informações desse âmbito. Mau p'ra eles. Depois de tentar uma dúzia de números, o máximo que conseguimos foi uma ucraniana que falou com o R. uns 20 segundos, mas disse que não estava a trabalhar e que a amiga estava ocupada com outro serviço. Além de ainda não perceber muito português, mas como o R. lhe disse "eu falar mais devagar".
Mas nós somos uns demónios sedentos e depravados e ainda não estávamos satisfeitos. E já que as linhas eróticas não atendiam, decidimos ir às nossas listas telefónicas procurar as pessoas mais cromas que lá estavam (fomos mesmo mauzinhos) mas o que se chama ao pessoal que atende chamadas anónimas às duas da manhã? Começámos com um rapaz, e com a J. a dizer-lhe que se chamava Vera e que se tinham conhecido na noite e blá blá blá. Ele não estava a colaborar muito mas também não desligava. Até que a J. se vira "olha eu queria mesmo era comer-te" mas desatou-se a rir e desligou a chamada. Próximo.
Ligámos a uma rapariga que eu conheço. A mesma história, mas esta estava tão interessada que até foi pôr o carregador ao telemóvel nos entretantos e nem com o meu amigo a dizer "olha eu queria era f@der" ou "dá-me mas é o número da tua amiga", ela desligou. {Eu sabia que esta ia ser um caso de sucesso}. No final teve que ser o meu amigo a despachá-la.

And so we jumped to the logical conclusion:

Hookers are too overrated!!